ESTÉTICA OROFACIAL

Em nossos consultórios realizamos procedimentos estéticos, preventivos e terapêuticos com a aplicação de BTX e Preenchimento com Ácido Hialurônico.

 

 

 

 

 

São estas as aplicações:

Correção do sorriso gengival e sorriso assimétrico.

Tratamento terapêutico de dores tensionais na região dos músculos masseter e temporal.

Tratamento de Hipertrofia do masseter.

Atenuação e prevenção de rugas de expressão nos terços superior e inferior da face.

Elevação de sobrancelhas e cantos dos lábios.

Preenchimento dos sulcos nasolabiais (bigode chinês e marionete)

Contorno e volumização dos lábios.

Todos os procedimentos são realizados com anestesia tópica ou intra-bucal.

 

Diferenças Básicas entre BTX e Preenchimento com Ácido Hialurônico

 

Por serem injetáveis, a confusão mais frequente é achar que o mecanismo de ação do BTX e do preenchimento é o mesmo, mas não é. O BTX age paralisando o músculo. Ao evitar essa movimentação, ela impede a contração muscular que forma a ruga. E para as rugas que já existem, esse relaxamento da musculatura suaviza os vincos.

Já a aplicação de A.H. repõe o volume perdido de determinadas áreas da face e melhora visivelmente o contorno do rosto, atuando por consequência, na redução da flacidez.
Na prática é assim que funciona: o BTX traz naturalidade e um ar descansado ao rosto, amenizando rugas existentes e prevenindo futuras marcas. Já o preenchimento com A.H. age dando volume à pele e reduzindo os vincos formados ao longo dos anos.

 

 

Prevenção de Novos Sinais

Neste ponto, os dois procedimentos são bem parecidos. O BTX tem alto poder preventivo, já que a paralisação muscular temporária que ela provoca impede a contração da região, evitando assim a formação de novas rugas. Já o Ácido Hialurônico de baixa densidade tem alto poder de hidratar a cútis e estimular o colágeno – dois mecanismos potentes para prevenir sinais da idade.

 

 

 

 

 

 

 

Correção do Sorriso Gengival

Alguns pacientes, ao sorrir, têm o lábio superior mais elevado, e acabam mostrando grande parte da gengiva. Essa exposição excessiva pode causar um grande desconforto, mesmo em um momento de descontração, fazendo com que muitas pessoas deixem de sorrir ou escondam a boca com as mãos. O BTX também pode ser usada no tratamento do sorriso gengival e age impedindo ou diminuindo essa contração muscular, impossibilitando a gengiva de se evidenciar sempre que o paciente sorri. Trata-se de uma excelente alternativa para quem quer ter um sorriso mais harmônico.